O MAIOR OPERADOR DE BUNKERING DE CABO VERDE

Com o intuito de evitar a especulação dos preços dos produtos petrolíferos no mercado interno, controlar e garantir o abastecimento de energia em Cabo Verde, aumentar o volume de vendas no porto de São Vicente, face aos portos vizinhos e contribuir para o aumento do tráfego do Aeroporto Amílcar Cabral, o Governo Cabo-verdiano criou, em 1979, a ENACOL – Empresa Nacional de Combustíveis.

Determinada em apostar na internacionalização do negócio do bunkering (o processo de abastecimento de combustível a barcos, para seu próprio uso), e convencida de que a venda de combustível à marinha era a melhor oprtunidade de crescimento para o setor dos combustíveis de Cabo Verde, a ENACOL traçou, em 2009, uma estratégia cujo objetivo era relançar a atividade do Bunkering na baía do Porto Grande.

A liderança da empresa no bunkering é consequência de vários investimentos e de um planeamento continuamente orientado para a criação de oportunidades e a ampliação deste segmento de mercado. Parte destes investimentos tem-se destinado ao incremento da eficiência logística, com o objetivo de posicionar a empresa como uma clara alternativa na região.

A superação de desafios tem sido uma constante para garantir a competitividade no mercado, onde os custos de operação, disponibilidade logística e segurança são determinantes. Neste contexto, e orientada por uma visão inovadora dinâmica, a empresa está a efetuar elevados investimentos na melhoria da capacidade de armazenagem na instalação de São Vicente, na renovação e modernização da sua frota e do seu processo de distribuição e logística e na criação de campanhas de comunicação institucional, com vista a revitalizar o segmento do bunkering.