A DIFICULDADE DE ABRIR UMA PORTA PARA A ECONOMIA DE SÃO VICENTE, EM CABO VERDE

No século XIX, a cidade de Mindelo, na ilha de São Vicente, ficou a dever o seu desenvolvimento ao porto, que era um local de abastecimento de carvão e víveres para barcos. Com o desaparecimento dessa necessidade originou-se uma nova perspetiva – a das viagens de cruzeiros, que tem vindo a ter resultados animadores para a ilha.

Para conquistar essa posição foi necessário impactar diferentes públicos-alvo, como os armadores, os operadores de turismo, a imprensa especializada e a comunidade local.