PROMOVENDO A LÍNGUA PORTUGUESA NA GUINÉ-BISSAU

A Galp, presente na Guiné Bissau e representada a 100% pela Petrogal Guiné-Bissau, apoia desde 2009 o projeto Unidades de Apoio Pedagógico / Polos de Língua Portuguesa, em parceria com o Instituto Camões e o Centro Cultural Portugês, em Bissau, com o objetivo de formar professores que garantam o ensino da língua portuguesa em todo o território. Em 2014 encontravam-se em formação 1602 professores.

A empresa, que se assume como líder nos mercados de importação, armazenamento, comercialização e distribuição de combustíveis líquidos, lubrificantes e gás, tem neste projeto, um «casamento» feliz entre duas vertentes importantes da presença de Portugal na Guiné-Bissau, a componente empresarial e os projetos de apoio na área do ensino.