TRADICIONAL + «IN»

A mudança do estilo de vida dos consumidores levou à queda acentuada dos mercados tradicionais. Após vencer um concurso de concessão da Câmara Municipal de Lisboa, a empresa MCO abriu um novo mercado de Campo de Ourique, passando a ser um local de grande visita por parte de uma clientela urbana, de 25-40 anos com poder de compra, que procura espaços alternativos que se encontrem «in».

Com novos clientes, as lojas tradicionais apostaram também numa nova apresentação de produtos, aproveitando o colorido das frutas e legumes. Após um ano, o balanço é extremamente positivo, com um crescimento de vendas para os comerciantes tradicionais de cerca de 150%.